Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Tirashi do Shin Zushi

No Shin Zushi você pode escolher entre dois tipos de tirashi. O mais simples é o baratirashi, que leva peixes em pedaços sobre o arroz e é servido em tigela redonda. Mas, se puder, prove o nobre, acomodado numa vasilha quadrada, decorado como obra de arte e com os peixes mais frescos do dia. Sobre o arroz vai, primeiro, uma camada de gengibre e casca de abóbora em conserva, cozida no shoyu e batida. Tem sabor e frescor. Os peixes são fatiados conforme a variedade – os de sabor suave são cortados em fatias mais espessas, caso do atum, cortado em fatia semelhante à do sashimi. O polvo também é fatiado como sashimi. Os mais intensos, como a garoupa, o serra, o cara-pau e a cavalinha, são cortados em fatias bem finas.

08 janeiro 2014 | 20:28 por patriciaferraz

FOTO: Nilton Fukuda/Estadão

LEIA MAIS:

Ficou com água na boca?

+ No tirashi, as aparas são bem apuradas

Não há quantidade fixa de fatias nem variedades determinadas de peixe para compor o prato. Mas, em geral, o tirashi do Shin-Zushi leva dois peixes mais fortes, dois suaves. Além de ouriço, sempre. Os demais elementos são variáveis. E quem quiser pode pedir um tirashi somente de atum, que nesse caso, é chamado de tekadom.

A vasilha individual é servida acompanhada de um pratinho. Ali, o costume é tirar os peixes da tigela com o hashi, colocar no prato ao lado para poder comer peixe e arroz juntos. Os sushimen da casa não recomendam despejar o shoyu sobre o prato. Aconselham seguir o mesmo ritual do sashimi, apenas molhar as fatias de peixe no molho, em um pratinho à parte. “Tirashi é prato que alimenta, equivale a uns 20 sushis, mais ou menos”, calcula o sushiman Nobu Mizumot

SERVIÇO - Shin Zushi

R. Afonso de Freitas, 169, Paraíso

Tel.: 3889-8700

Quanto custa: R$ 100

>> Veja a íntegra da edição do Paladar de 9/1/2014

Ficou com água na boca?