Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Chef Vivi, um delivery como poucos

Prato do restaurante na Vila Madalena chegam com vigor, mesma qualidade e charme do salão

11 de agosto de 2021 | 03:00 por Patricia Ferraz, O Estado de S.Paulo

Poucos restaurantes oferecem um delivery com tanta qualidade e charme como o Chef Vivi, na Vila Madalena. Para começar, os pratos chegam em graciosas marmitinhas de inox montadas com a mesma estética apresentada no salão. A comida é excelente: leve, equilibrada, criativa e sã, preparada com técnica apurada e acabamento delicado. A chef Viviane Gonçalves deu duro no começo da pandemia para conseguir adaptar sua cozinha para viagem sem perder o vigor. E conseguiu. Nada passa do ponto, nada desmonta, nada decepciona...

A oferta diária é fixa em número: são três opções de entrada, quatro de prato principal (geralmente uma carne, um peixe e um vegetariano e algum outro) e três sobremesas. O cardápio muda sempre, embora na pandemia tenha ficado inviável trocá-lo diariamente. Vegetais orgânicos, aparecem em profusão tostados, chapeados, selados, grelhados, assados – herança dos tempos em que a chef viveu na China e manteve um restaurante premiado em Pequim. 

 

A rúcula chega salteada ao lado da couve-flor tostada como guarnição do bacon assado, uma entrada, que vem ainda com batata-doce, abobrinha e hummus (R$ 52). Outro vegetal que encanta é o alho-poró chiffonade (cortado em tiras finas e longas) salteado no azeite, servido com cuscuz marroquino muito bem temperado com limão siciliano e uma delicada posta de atum selado. Belíssima pedida. (R$ 98). Para acompanhar o miolo de coxão mole puxado na manteiga com pimenta verde, a chef assa cebolas roxas e batatas (R$ 85). O  tagliatelle de sêmola vem na manteiga com fios de palmito pupunha, salsinha e limão-siciliano. Para finalizar, lascas generosas de queijo Tulha (R$ 78).

Tagliatelle de sêmola na manteiga com fios de palmito pupunha, salsinha e limão-siciliano. Para finalizar, lascas generosas de queijo Tulha 

Tagliatelle de sêmola na manteiga com fios de palmito pupunha, salsinha e limão-siciliano. Para finalizar, lascas generosas de queijo Tulha  Foto: Patrícia Ferraz/Estadão

A beterraba é cozida e reduzida até virar um caldo espesso que completa a polenta com molho de queijo Tulha. Para acompanhar, rúcula salteada e cogumelos marcados na chapa (R$ 78). Na sobremesa, não hesite, peça o bolo de tâmaras com calda de caramelo, que vem com um aviso simpático: aquecido fica melhor.

A chef Vivi é uma ativista da comida de verdade, saudável, sustentável e da defesa dos pequenos produtores. Faz cozinha de produto com muito talento e consegue, como poucos, entregar na viagem a mesma qualidade do salão. Os preços já não são os mesmos dos tempos pré-pandemia, mas essa é uma outra história...

O cardápio está no Instagram @chefvivicasa ou pode ser pedido pelo Whatsapp 99888-0064. Delivery próprio, com preço que varia conforme o endereço.

Chef Vivi

R. Girassol, 833, Vila Madalena

12h/15h e 19h-23h (sábado 12h/16h e 19h/23h; domingo 12h/17h; fecha 2ª). 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?