Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Uma porta para Berlim em plena Vila

Pão, salsicha e mostarda, pretzel e cerveja são a espinha dorsal do Imbiss, que abre nesta quinta servindo comida de rua à moda alemã. A cervejaria Júpiter, uma das sócias da casa, inaugura lá seu serviço de growler, garrafão vai e vem

04 março 2015 | 20:07 por Heloisa Lupinacci

O Imbiss, que abre nesta quinta na Vila Madalena, nasceu de um pretzel. O lugar, pequenino, serve a comida de rua alemã (o pão salgado, pão e salsicha). Imbiss define, na Alemanha, trailers e barracas de comida de rua.

Tudo começou quando Marcelo Carneiro da Cunha, um dos sócios –  o outro é Diego de Godoy – , encasquetou: “Quero comer um pretzel”. Ligou para o chef, xará e conterrâneo (também gaúcho), Marcelo Gonçalves e dividiu seu drama.

Gonçalves chegou a uma receita fiel aos pretzels alemães, que foi levada para a padaria alemã OMA, aqui em São Paulo. Meses depois, ali estão os pretzels desejados: dourados por fora, fofinhos por dentro nas partes mais gordas, crocantes nos trechos mais estreitos, com cristais de sal que fazem croc sem ser duros.

Estilo Kramer. Se o pretzel der sede, peça logo uma cerveja

Ficou com água na boca?

Para quem ouve a palavra pretzel e já completa com a citação de Seinfeld (“esses pretzels estão me deixando com sede”, Cosmo Kramer), o jeito é pedir logo uma cerveja. O terceiro sócio do Imbiss é a cervejaria Júpiter. Lá, sempre terá todos os rótulos da marca em garrafa e sempre dois em torneira (na abertura, APA e lager).

Mas voltemos ao cardápio, que é conciso. Do pretzel veio o laugenbrot, pão feito da mesma massa, mas com a forma ideal para escoltar as wursts, salsichas também o mais próximas possível do original alemão. Elas foram desenvolvidas em parceria com a charcuteria artesanal À Table.

São seis salsichas em cartaz – a mais tradicional é a bratwurst, com cebola e alho; a knackwurst é picante; a bierwurst leva cerveja (hoje APA, em breve Tânger, da Júpiter); a kielbasa é defumada duas vezes; a veggiewurst, vegetariana; e a viena, mais neutra. Elas vão variar. “Teremos salsichas sazonais, salsicha de primavera, de outono”, diz Marcelo.

Para acompanhar, seis opções de molho: mostarda, curry, cebola caramelizada, chilli páprica, pimenta dedo-de-moça com maracujá e chutney de tangerina.

Dog alemão. Pão laugenbrot, salsicha bratwurst, mostarda e ketchup com curry é uma das combinações possíveis do cardápio da casa, que tem dois pães, seis salsichas e seis molhos

O cliente escolhe o pão (além do laugenbrot tem o brötchen, mais básico), a salsicha e uma ou duas opções de molho (R$ 15 o sanduíche com um molho, R$ 18 com dois).

Há duas opções de prato. O currywurst – R$ 23, salsicha com ketchup com curry, salada e chips –, e o bullete, R$ 25, um bolo de carne (de porco e boi, misturadas) assado, com salada e pão. São duas opções de salada, a de batatas e o coleslaw, um vinagrete de repolho. A de batata, que não leva maionese, é primorosamente temperada.

Para levar. Growler da Júpiter com 1 l, para encher na torneira de chope e beber em casa

De sobremesa, bolo floresta negra no potinho, com massa de chocolate, creme, kirsch e geleia de frutas vermelhas, e cuca, a torta tradicional alemã, de massa baixinha e farofa com canela por cima.

Com perfil cada vez mais comum no cenário paulistano, o Imbiss é bem pequeno. Tem um balcão com algumas banquetas, duas mesas e uma prancheta com alguns lugares embaixo do janelão que dá para a rua. Do lado de fora, cubos de madeira fazem as vezes de mesas e cadeiras.

O serviço também é enxuto. Dois atendentes ficam no balcão – um cuida da comida, outro da bebida, que o cliente pega e come ali ou leva para casa.

Growler. Falando em levar, o Imbiss terá growler da Júpiter, de 1 litro. Growler é uma garrafa vai e vem, feita para encher na torneira da chopeira. Ela dura dois dias na geladeira de casa (você pode tomar um pouco, fechar, tomar um pouco mais depois, fechar). A garrafa custa R$ 10 e para enchê-la, R$ 36.

SERVIÇO | Imbiss

Onde: R. Purpurina, 94, Vila Madalena

Quando: 12h/23h (fecha dom.)

imbissbr.com.br

>>Veja a íntegra da edição do Paladar de 5/3/2015

Ficou com água na boca?