Paladar

Receitas

Receitas

Codo Meletti|Estadão
Codo Meletti|Estadão

Prato do Dia

Patrícia Ferraz

Batata-doce gratinada com bacon

Tudo fica mais gostoso gratinado e melhor ainda com bacon. Esta receita é assim, simplesmente deliciosa

por Patricia Ferraz

Perfeito para o frio, este gratinado de batata-doce é uma adaptação do gratin de batata à dauphinoise com presunto e bacon (e este já é adaptação da receita francesa original, que não leva nem bacon e nem presunto, mas vá lá... eles melhoram consideravelmente o prato).

1Unte com manteiga um refratário (se quiser, esfregue alho descascado nas bordas e no fundo).
2Refogue o bacon numa frigideira, junte a cebola e refogue por mais um ou dois minutos antes de colocar o alho. Deixe mais um minuto e tire do fogo.
3Derreta a manteiga em outra panela pequena, ponha a farinha e mexa até começar a dourar. Despeje leite frio, aos poucos, mexendo com fouet, até formar um creme grosso. Tempere com sal e pimenta-do-reino a gosto e tire do fogo.
4Cozinhe as rodelas de batata por quatro ou cinco minutos em água com um pouco de sal, escorra e seque bem.
5Faça uma camada de batatas no fundo do refratário. Cubra com uma camada de bechamel, espalhe um pouco de bacon por cima. Faça outra camada de batatas, cubra com o bechamel e repita até usar todos os ingredientes.
6Por cima, espalhe uma farta camada de queijo parmesão ralado.
7Leve ao forno preaquecido a 180ºC por aproximadamente 30 minutos, ou até gratinar. Sirva quente como acompanhamento. 

 

PARA BEBER

Para harmonizar com o prato, o sommelier do Serafina Jardins, Francisco Luna, o China, indica três rótulos: o italiano San Marzano il Pumo Rosso Salento IGP (R$ 65 na Grand Cru), um corte de Sangiovese, Malvasia Nera e Aglianico bastante equilibrado, que vai bem com bacon; o Finca La Linda Malbec (R$ 63,70 na Decanter), com discretos aromas de frutas vermelhas e médio corpo; e o chileno Terra Noble Merlot (R$ 50,40 na Decanter), com taninos maduros.

Ficou com água na boca?