Paladar

Receitas

Receitas

Prato do Dia

Patrícia Ferraz

Camarão à provençal

Aproveite a receita para saborear o camarão em casa

por Patrícia Ferraz

Esta é uma versão do camarão à provençal que fez a fama do restaurante La Paillote, no Ipiranga (o endereço tradicional fechou e a casa foi instalada nos Jardins). Ela tem duas diferenças em relação ao prato original: camarões e arroz são misturados na panela e não à mesa; e é bem mais suave – o segredo está em descartar parte do alho no meio do processo, como você vai ver a seguir.

Está longe de ser um prato barato, mas custa bem menos fazer em casa que comer no restaurante – por anos, ele foi considerado o prato mais caro da cidade. É fácil e rápido. Vale a pena experimentar.

Camarão à provençal na versão do restaurante La Paillote

Camarão à provençal na versão do restaurante La Paillote Foto: Fernando Sciarra|Estadão

Preparo

1Cozinhe o arroz e reserve numa vasilha para finalização do prato (pode usar sobras).
2Ponha quase toda a manteiga numa frigideira grande (deixe uma colher apenas) e assim que começar a derreter adicione o alho.
3Deixe refogar por um ou dois minutos (o tempo varia dependendo do fogo), mas tire antes de amarelar. Se amarelar, descarte e comece tudo de novo.
4Tire a panela do fogo, coe a manteiga com uma peneira para separar o alho. Reserve o alho e devolva a manteiga à frigideira.
5Adicione o restante da manteiga que estava reservado e aqueça. Ponha os camarões, tempere com sal a gosto e refogue por dois ou três minutos (não cozinhe muito para não endurecer).
6Devolva apenas metade do alho refogado à panela e metade da salsinha.
7Junte o arroz, mexa bem para misturar. Salpique a salsinha restante.
8Desligue o fogo e sirva na própria frigideira (se ela for do tipo que faz bonito…), ou em porções individuais, em pratos.

Dica da sommelière Daniela Bravin

A harmonização óbvia e certeira é com os vinhos rosados da Provence, mas tenho outras dicas: o rosé português Quinta de Gomariz Vinho Verde Rosé Colheita Selecionada 2011 (Minho, Portugal – R$ 62,50, na Decanter Vinhos) e o Espumante 3B Rosé Brut Filipa Pato (Bairrada, Portugal – R$ 59,39, na Casa Flora)

Ficou com água na boca?