Paladar

Receitas

Receitas

FELIPE RAU|AE
FELIPE RAU|AE

Como fazer ovo frito

Aprenda a fazer o prato que salva muitas refeições

por Por Carla Peralva e Míriam Castro

“Não sei nem fritar um ovo”. Não saber fazer ovo frito sempre foi sinônimo de não saber cozinhar. Mas agora que você já aprendeu a fazer arroz e feijão, está na hora de completar a refeição. O ovo estrelado é um ótimo quebra-galho na cozinha, complementa sanduíches, melhora qualquer prato.

Pequenos truques podem melhorar o ovo frito de todo dia. Para Janaína Rueda, chef do Bar da Dona Onça, para ficar perfeito, o ovo frito precisa ficar com a clara “rendada” e a gema mole. Ela usa ovos em temperatura ambiente e uma pitadinha de farinha de trigo na frigideira para não ter jeito de o ovo grudar.

Veja como no vídeo abaixo, que completa a série pensada para quem quer se iniciar na cozinha:

Na matéria de capa desta semana, o Paladar fala de ovo. Ele saiu do papel de vilão que ataca o coração e virou estrela nos restaurantes e nas redes sociais. Para pelo menos para sete dos dez chefs ouvidos pela reportagem, em casa, ovo bom mesmo é o frito – “os outros três mentiram”, brinca Rafael Costa e Silva. Eles contam seus truques:

Na matéria de capa desta semana, o Paladar fala de ovo. Ele saiu do papel de vilão que ataca o coração e virou estrela nos restaurantes e nas redes sociais. Para pelo menos para sete dos dez chefs ouvidos pela reportagem, em casa, ovo bom mesmo é o frito – “os outros três mentiram”, brinca Rafael Costa e Silva. Eles contam seus truques:

Daniel Redondo, chef do Maní: “Não troco um ovo frito por nada. Para mim, perfeito é acordar em um domingo de manhã, fritar um ovo de gema mole com clara bem crocante e pingar algumas gotas de vinagre por cima, quando está pronto. É como eu comida com meu pai.”

Rafael Costa e Silva, chef do Lasai (RJ): “Faço o meu na manteiga, com o ovo na temperatura ambiente. A frigideira fica em fogo médio e eu baixo logo ao colocar o ovo. Deixo só até a clara ficar pronta e tiro com a gema bem mole mesmo.”

Wagner Rezende, chef do Parigi Bistrot: ”Gosto de fazer o ovo estrelado fritando sem gordura em uma boa frigideira antiaderente. Quebro o ovo, tampo a panela e deixo por um minuto em fogo baixo. Assim a clara endurece e a gema continua molinha.”

Margarida Haraguchi, chef do Izakaya Issa: “Mesmo servindo okonomiyaki e vários outros pratos japoneses com ovo, em casa eu gosto é de ovo frito, bem abrasileirado. Para fazer, coloco uma tampa enquanto a frigideira está no fogo.”

Marcelo Bastos, chef do Jiquitaia: “Gosto de esquentar bem a frigideira, esquentar a manteiga, quebrar o ovo e tampar. Às vezes, uma capa de clara se forma por cima da gema molinha. O tempo depende do fogão, mas costuma ser um pouco mais de um minuto em fogo alto de cozinha doméstica.”

Ivan Ralston, chef do Tuju: Eu gosto de chegar em casa depois do trabalho e fazer bife ancho, batata frita e um ovo estrelado por cima. Frito com manteiga de garrafa, por volta de 76°C – o suficiente para coagular a clara e manter a gema mole.

 

Ficou com água na boca?