Paladar

Receitas

Receitas

Divulgação
Divulgação

Maniçoba

Prato típico do Pará, a maniçoba ficou conhecida como 'a feijoada sem feijão': no lugar da leguminosa, o ensopado com carnes de porco leva a maniva, a folha da mandioca triturada

por Redação Paladar

Anna Maria Martins, do restaurante Lá em Casa de Belém, é a autora desta receita de maniçoba. A chef define o prato típico do Pará como "uma feijoada sem feijão". Ao todo, são necessários sete dias para ficar pronta, e é tradicionalmente servida com arroz branco, farinha d'água e uma pimenta de cheiro. 

Preparo

1Pique as folhas de mandioca sem os talos e moa muito bem em um moedor de carne, até da 6 kg.
 
2Coloque a maniva moída em uma panela grande com bastante água, leve para cozinhar em fogo brando e deixe ferver durante 72 horas. Mexa de vez em quando, dando pelo menos três boas mexidas por período - manhã, tarde e noite (isto é feito para que as folhas não grudem na panela). Coloque sempre água, pois a massa não pode ficar seca. Quando for dormir, complete a água novamente e deixe o fogo mais baixo possível. 
 
3No quarto dia de cozimento da maniva, coloque as carnes salgadas e o charque (separadamente) de molho para tirar o excesso de sal. Ficam de fora apenas o paio, o chouriço, a línguiça e o bucho de boi. 
 
4No quinto dia, corte em pedaços médios o bucho de boi e escalde muito bem para tirar todo o cheiro. Corte também em tamanhos médios as carnes salgadas, lave bem e afervente. Junte tudo e coloque no panelão em que a maniva continua fervendo por mais 48 horas.
 
5No sexto dia, corte em rodelas o paio, o chouriço e a linguiça e colque para ferver junto a maniva e as outras carnes.
 
6No sétimo dia a maniçoba já está pronta, e fica como se fosse uma feijoada.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?