Paladar

Receitas

Receitas

Daniel Teixeira|Estadão
Daniel Teixeira|Estadão

Prato do Dia

Patrícia Ferraz

Risoto de linguiça com miniagrião

Aprenda essa receita que tem técnica italiana, mas foi criada por um mineiro

por Patrícia Ferraz

A técnica é italiana, mas o sotaque deste risoto de linguiça toscana com miniagrião é mineiro, como o chef Maurício Lopes, autor da receita. O resultado? Você só vai entender quanto essa combinação de ingredientes funciona depois de provar, acredite. Para acertar no preparo, preste atenção a duas dicas importantes do chef: mantenha o caldo quente e vá acrescentando, aos poucos, em conchas. Mexa para não grudar no fundo – mas, atenção, não precisa (e nem se pode) mexer o tempo todo, senão o arroz não cozinha.

Preparo

1Abra a linguiça, retire o recheio e frite em sua própria gordura, na panela funda em que vai fazer o risoto. Deixe dourar bem.
2Junte a cebola à panela e deixe suar (só dar uma murchada). Adicione o arroz e frite, mexendo, apenas para envolvê-lo com a gordura da panela. Ponha o vinho, mexa e deixe evaporar.
3Acrescente uma boa quantia de caldo, mexa e cozinhe com a panela destampada. Mantenha o caldo quente e vá adicionando aos poucos, conforme for secando, e mexendo para não grudar na panela, até o arroz estar cozido.
4Tempere com sal e pimenta. Prove. Se precisar, corrija o tempero. Desligue o fogo, misture a manteiga, o queijo e mexa bem.

GLUPT! Recomenda

Linguiça toscana e vinho tinto já determinam o que beber, vinho italiano com leveza mas boa acidez para enfrentar essa dupla. O Castello della Paneretta Solimpia (R$ 70, Saint Marchè), o Chianti Riserva Piccini (R$ 63, Vinci Vinhos) ou o Kasaura, Montepulciano d’Abruzzo do excelente Zaccagnini (R$ 64, Ravin).

Ficou com água na boca?