Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Kuroda é o novo izakaya no Itaim. O chef é um ex-lutador de sumô

Nova casa de Fernando Kuroda, que aprendeu a cozinhar quando morou no Japão como lutador de sumô, é mais sofisticada que seu antigo bar

14 de agosto de 2019 | 21:50 por Patrícia Ferraz, O Estado de S.Paulo

O ex-campeão de sumô no Japão Fernando Kuroda acaba de abrir um izakaya com seu nome. Ele não é novo no ramo dos botecos japoneses que servem boa comida, manteve o Bueno por alguns anos, na Liberdade, lugar onde os sushimen da cidade se encontravam depois do expediente para comer, tomar uma cerveja e relaxar.

O ex-lutador de sumô e chef Fernando Kuroda que acaba de inaugurar seu novo izakaya no Itaim Bibi

O ex-lutador de sumô e chef Fernando Kuroda que acaba de inaugurar seu novo izakaya no Itaim Bibi Foto: Daniel Teixeira/Estadão

Figura muito querida na comunidade, Kuroda aprendeu a cozinhar nos tempos em que morou no Japão como lutador de sumô – eles vivem em comunidade e se revezam na preparação da comida: antes da luta, só tomam a chankonabe, uma sopa vegetal consistente, mas à noite se divertem com frituras e massas para saciar o apetite e ganhar peso.

De volta ao Brasil, Kuroda abriu o Bueno, um lugar bem despojado e alegre. O izakaya que inaugurou há uma semana, no Itaim, com seu nome, entretanto, é um lugar sofisticado: ambiente contemporâneo, bem equipado, com decoração moderna, música alta, frequentado por jovens. São dois andares, em cima ficam mesas reservadas, protegidas por noren. Embaixo tem balcão de robatas, o bar de drinques e mesas.

Buta no shisô. Fatias de pancetta grelhadas, cobertas com uma folha de shisô e molho de umeboshi 

Buta no shisô. Fatias de pancetta grelhadas, cobertas com uma folha de shisô e molho de umeboshi  Foto: Daniel Teixeira/Estadão

O cardápio tem porções, começando por um croquete gigante, o korokke, feito com batata e barriga de porco desfiada, delicioso, crocante por fora com recheio cremoso e macio (R$24,80, duas unidades). O tonkatsu, lombo de porco, é outra pedida que vale: fritura crespa e sequinha, resultado de combinação de panco e farinha de rosca (R$29,80).

Na seleção de robatas, a de milho é imperdível: é grelhada no yakitori – eles pincelam um molho com shoyu, põem na churrasqueira, pincelam de novo, devolvem para a brasa, várias vezes até o milho ficar macio e com o sabor tostado (R$4,80 a unidade). O buta no shisô tem fatias de pancetta grelhadas, cobertas com uma folha de shisô e molho de umeboshi (a conserva japonesa de ameixa). 

Uma das melhores opções do cardápio é o sanduíche de frango empanado, feito nos moldes do katsu sando, (R$28,90), com a crosta crocante e sequinha e a carne suculenta, mas não adianta perguntar o que tem no molho: “é segredo do chef”.

Hit. Sanduíche de frango empanado, feito nos moldes do katsu sando, com a crosta crocante e sequinha e a carne suculenta 

Hit. Sanduíche de frango empanado, feito nos moldes do katsu sando, com a crosta crocante e sequinha e a carne suculenta  Foto: Daniel Teixeira/Estadão

Aliás, quase tudo ali é segredo do chef. Mesmo com tanta oferta de izakayas pela cidade, vale conhecer o Kuroda. Não é um lugar caro, mas o negócio é ir com mais gente para pedir várias porções e pratos e dividir a comida e a conta. 

SERVIÇO

Izakaya Kuroda 

R. Leopoldo Couto de Magalhães Jr., 777, Itaim Bibi.

Horário de funcionamento: 11h45/14h30 e 18h30/22h30.

Tel.: 3078-5220

Ficou com água na boca?