Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Ryo reabre as portas com balcão de apenas oito lugares

Depois de cinco meses fechado para uma reforma, o restaurante japonês Ryo reabre as portas confirmando a vocação de Edson Yamashita: o sushi

22 de maio de 2019 | 21:51 por Renata Mesquita

Depois de cinco meses fechado para uma reforma, o Ryo reabre nesta quinta-feira (23) confirmando a vocação de Edson Yamashita: o sushi. O restaurante tem um novo balcão de oito lugares, e só. Foram embora as mesas – cabiam 52 pessoas – e mesmo algumas cadeiras do balcão. Tudo para entregar a melhor experiência para o cliente. “Recebia reclamações de pessoas que não se sentavam no balcão e não tinham toda a minha atenção”, explica o chef.

Para poucos. Edson atrás do novo e exclusivo balcão de apenas oito lugares

Para poucos. Edson atrás do novo e exclusivo balcão de apenas oito lugares Foto: Werther Santana/Estadão

A visita começa com Yamashita apresentando uma bandeja com todos os peixes e frutos do mar que vai oferecer no dia, carapau, vieiras, camarão, polvo, olhete – o que tiver de melhor no mercado. Eles surgem aos poucos. Começando com um delicado polvo cozido em caldo com feijão azuki e nabo, servido com um toque de yuzu e flor de sal. Depois chegam fatias de carapau marinado  – técnica do estilo Edo que aprendeu nos seus anos trabalhando no Japão. 

Unem-se aos produtos frescos alguns ingredientes trazidos da sua última viagem pelo país asiático, como wasabi fresco e ovas de bacalhau curadas. (Tem ainda algumas outras surpresas que ele trouxe na mala mas ainda não entrega o que são.) As ovas de bacalhau dão sequência à degustação: levemente salgadas e com textura que lembram atum, chegam à frente do cliente com fatias de pepino. 

Mas Yamashita não abandonou o estilo kaiseki (que consiste em um sofisticado menu-degustação de pequenos pratos elaborados e de apresentação refinada) que marcou a primeira fase do Ryo. 

Pratos quentes – como o exclusivo contra de wagyu servido apenas selado com purê de mandioquinha e manjericão fresco – intercalam o serviço dos peixes. E a leveza e atenção aos detalhes, da louça ao serviço, ainda destacam o estilo da casa, que agora ele define como sushi-kaiseki. 

Sushi de buri preparado pelo chef Edson Yamashita do Ryo

Sushi de buri preparado pelo chef Edson Yamashita do Ryo Foto: Codo Meletti|Estadão

A antecipada série de sushis fica para o final. Eles vêm pequenos e já lambuzados com shoyu para serem comidos com as mãos. 

Vale relembrar que é um restaurante para poucos, lugares e bolsos, sendo necessário fazer reserva, tanto no jantar quanto no almoço.

À noite, são duas opções de menu-degustação, o completo que sai por R$ 650, com até 18 etapas e mais três sobremesas, e o de R$ 450, com 11 etapas. Já no almoço, são duas opções, ambas ainda salgadas: R$ 190 apenas pratos frios, sushis e sashimis, e R$ 250 o mais completo, com até oito etapas, que pode incluir atum bluefin e uni. 

SERVIÇO

Ryo

R. Pedroso Alvarenga, 665, Itaim Bibi

Tel.: 3881-8110

Horário de funcionamento: 12h/14h30 e 19h/23h30 (sáb. e dom. 19h30/23h30; fecha 2º) 

Ficou com água na boca?