Paladar

Receitas

Receita

Gabriela Biló|Estadão
Gabriela Biló|Estadão

16 receitas com abobrinha para fazer no dia a dia

Versátil, a abobrinha vira suflê, arroz de forno, antepasto, espaguete, sanduíche, torta...

08 de outubro de 2019 | 14:33 por Redação Paladar, O Estado de S.Paulo

No Brasil é possível encontrar dois tipos de abobrinha: a brasileira, de extremidades mais proeminentes e verde mais intenso, e a italiana, mais delgada e verde mais claro. Enquanto a primeira é mais abundante no primeiro semestre do ano, a segunda entra em safra a partir de agosto. 

Para ajudar você a aproveitar bem esse legume tão popular na cozinha do dia a dia, aqui vai uma seleção do Paladar com 16 pratos deliciosos. 

 

Espaguete de abobrinha com favas

Usar abobrinha como espaguete não é exatamente uma novidade, mas o que o chef americano Sam Talbot faz nessa receita é emprestar a ela diferentes sensações. Tem o picante da pimenta vermelha, a bem sucedida combinação de ricota e hortelã, a suavidade das favas (que você pode trocar por edamame se preferir), o crocante dos amendoins e o toque inigualável do alho. Essa receita é leve, surpreendente e gostosa a ponto de não deixar ninguém notar que é vegetariana. Veja como fazer.

 

  Foto: Gabriela Biló|Estadão

 

Abobrinha com tomate e molho de pimentão

Experimente servir as abobrinhas em tiras, levemente escaldadas em água bem salgada, nessa salada surpreendentemente saborosa. E bonita também, graças à cor avermelhada do vinagrete de pimentão grelhado que lhe dá sabor, ao tomate cereja e à azeitona da guarnição. Aprenda a receita.

 

  Foto: Danny Ghitis|NYT

 

Tagliatelle com creme de açafrão e abobrinha

Essa massa é para fazer rapidinho e fica deliciosa com creme de açafrão e abobrinhas cortadas bem fininhas. Mas tem dois truques: o primeiro é usar o creme de leite fresco, que é mais leve e mais líquido, para fazer o creme de açafrão. O outro é servir imediatamente – não pode deixar esfriar e nem requentar no dia seguinte. Ela não resiste. Aprenda o passo a passo.

 

  Foto: Codo Meletti|Estadão

 

Gratin de arroz com abobrinha

À primeira vista, trata-se de um arroz de forno. Metido, diferente, mas um arroz de forno. Acontece que esta é uma das grandes receitas da Julia Child, a americana que ensinou os Estados Unidos a fazer cozinha francesa e inspirou o filme Julie & Julia. A base do prato é um caldo feito com a água extraída da abobrinha e leite. É uma receita reconfortante, excelente acompanhamento para carnes. Veja como fazer.

Gratin de arroz com abobrinha da Julia Child.

Gratin de arroz com abobrinha da Julia Child. Foto: Codo Meletti|Estadão

 

Sanduíche provençal

Para fazer um sanduíche reforçado, separe tomates, abobrinhas e berinjelas, regue com bastante azeite e asse. Abra as baguetes, passe uma boa camada de mostarda de Dijon, distribua as fatias intercaladas de legumes. Para finalizar, queijo gruyère ralado e forno. É uma delícia e fácil de fazer. Ótimo para os dias de preguiça. Aprenda a receita completa.

Antepasto como refeição nessa receita de sanduíche provençal

Antepasto como refeição nessa receita de sanduíche provençal Foto: Gabriela Bilo|Estadão

 

Tramezzino de abobrinha e queijo de cabra

Esse sanduíche italiano é servido frio em pão branco e o recheio varia com a região. Em italiano macarrônico e literal, tramezzino quer dizer “no meio de”, ou seja, a essência do sanduíche está logo no nome. Você pode inventar o recheio, mas aqui vai uma sugestão certeira: abobrinha, azeite, queijo de cabra, rúcula, maionese e pimenta-do-reino. Veja como fazer.

Tramezzino de abobrinha, queijo de cabra e rúcula.

Tramezzino de abobrinha, queijo de cabra e rúcula. Foto: Felipe Rau/Estadão

 

Espaguete de cenoura, abobrinha e pupunha

A ideia inicial da editora do ‘Paladar’, Patrícia Ferraz, era fazer um espaguete de pupunha ao alho e óleo, mas, disposta a dar mais sabor, resolveu também misturar abobrinha e cenoura. A combinação deu certo e rendeu um prato tricolor bem leve, para comer com queijo parmesão. Aprenda a receita.

 

  Foto: Fernando Sciarra|Estadão

 

Torta rústica

Fácil de fazer, a combinação dos ingredientes do recheio dão um ótimo sabor. Para a massa, manteiga gelada, farinha de trigo, ovo e sal. Para o recheio, berinjela, abobrinha, tomate-cereja, alho-poró, alho, queijo de cabra, alecrim e tomilho. Vai tudo para o forno. A receita é da Rita Lobo, mas foi adaptada. Da original saiu o pimentão, e foi adicionado mais alho e queijo de cabra. Veja como fazer.

Receita de torta rústica

Receita de torta rústica Foto: Fernando Sciarra|Estadão

 

Salada morna de abobrinha

É uma receita que serve de antepasto, entrada ou até como um prato único para um jantar despretensioso de fim de semana. Sirva a abobrinha quente – ela deve ser apenas rapidamente refogada, para que fique macia e firme; mas deixe o presunto frio, para que mantenha o sabor intacto. Leve à mesa os dois misturados, temperados com o molho e acompanhados de uma fatia de pão italiano levemente grelhado. Confira a receita completa.

Salada morna de abobrinha.

Salada morna de abobrinha. Foto: Fernando Sciarra/Estadão

 

Antepasto assado

Aqui uma conserva bem mais suave que os antepastos em geral, primeiro porque não leva alho, mas também porque, depois de assados, os legumes ficam quase adocicados. Quanto mais frescos os legumes, melhor. Então a dica é lavar, fatiar e levar ao forno no dia em que forem comprados. Depois de tirar do forno, é só deixar esfriar, colocar num pote, regar com bastante azeite e guardar na geladeira tampado. Mas tire antes de servir – o antepasto fica melhor em temperatura ambiente. Veja como fazer.

Antepasto assado, com cebola, tomate, abobrinha e berinjela. 

Antepasto assado, com cebola, tomate, abobrinha e berinjela.  Foto: Fernando Sciarra/Estadão

 

Abobrinhas recheadas

As abobrinhas recheadas de Elsa Massochi são uma ótima opção de aperitivo. Recheie com a polpa da abobrinha, a cebola douradinha na manteiga, pão ralado e o miolo molhado no leite, com queijo ralado salpicado por cima. Leve tudo ao forno e sirva o prato quente ou frio. Confira o passo a passo completo.

Abobrinhas recheadas.

Abobrinhas recheadas. Foto: Daniel Teixeira/Estadão

 

Bolo salgado de abobrinha

Tão fácil e tão rápida que a gente até desconfia. Mas você vai se surpreender com o resultado: um misto de pão recheado e bolo salgado, macio, perfumado e cheio de sabor. No livro Escola de Cozinha – Verduras (Ed. Lafonte), de onde foi tirada, não há vinho entre os ingredientes, mas refogar as abobrinhas com um pouco de vinho branco faz toda a diferença. Aprenda a receita.

Bolo salgado de abobrinha.

Bolo salgado de abobrinha. Foto: Daniel Teixeira/Estadão

 

Vegetais assados

Eis uma simpática opção que serve como entrada, acompanhamento de carnes e peixes e até como prato principal de um jantar leve. Use os vegetais que preferir, mas não dispense a erva-doce e a cebola, que ficam excelentes assadas, e a abobrinha que está no início da safra. Enquanto os legumes estão na assadeira com sal, azeite e pimenta moída na hora, você prepara o molho. Tire os legumes do forno, antes que ressequem, monte em pratos individuais, regue com o molho. Sirva em temperatura ambiente, acompanhado de vinho tinto. Confira a receita completa.

Receita de vegetais assados da Patrícia Ferraz

Receita de vegetais assados da Patrícia Ferraz Foto: Luciana Cristhovam|Estadão

 

Lobozó

A ideia é juntar um pouco de diferentes legumes na panela e completar com ovo, queijo, farinha de milho. Pode ser comido quente como mistura ou prato único ou mesmo frio, de tira-gosto, acompanhado de cachaça. É um prato rústico que não tem segredo nem receita, mas toda boa cozinheira da Canastra, em Minas Gerais, sabe a hora certa de juntar o ovo, o gesto exato de mexê-lo, o ponto para colocar a farinha e a proporção ideal de cada ingrediente, que pode variar conforme a preferência ou conveniência. O lobozó é um mexido, mas não é um prato de improviso e sim um resumo do sistema alimentar da zona rural desse pedaço de Minas. Veja como fazer.

Lobozó.

Lobozó. Foto: Neide Rigo/Estadão

 

Suflê de abobrinha

O segredo do suflê é incorporar as claras bem batidas à massa. Bata-as até ficarem leves e fofas e começarem a aparecer picos. Outra dica é usar ramequins individuais, assim acontece melhor a distribuição do calor e o suflê cresce mais. O recheio de abobrinha é uma delícia, mas é preciso comer imediatamente após sair do forno, senão murcha. Veja como fazer. 

Receita de suflê de abobrinha

Receita de suflê de abobrinha Foto: Evan Sung|Estadão

 

Pesto de abobrinha 

Mais do que uma receita, pesto é uma técnica - "pestar" significa amassar com pilão. Então, quase tudo pode virar esse versátil molho criado na Itália. A fórmula é sempre a mesma: um elemento de frescor (ervas, legumes, frutas); algo de textura (diversos tipos de castanhas); fonte de gordura (azeites, manteigas); e espessantes (queijos cremosos, curados, defumados). Não precisa nem se ater a quantidades, a ideia é ir testando e ajustando o sabor e a textura conforme o seu gosto. Funcioca como molho para massa ou para uma salada de brotos e tomate. Veja como fazer. 

 

  Foto: Felipe Rau|Estadão

 

* Lista publicada em agosto de 2017 e atualizada pela última vez em outubro de 2019.