Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Onde comprar produtos orgânicos: uma seleção de lojas, feiras e supermercados

De grandes redes de supermercados a pequenos empórios descolados, há ótimos endereços espalhados por São Paulo

01 de agosto de 2019 | 00:44 por Redação Paladar

A procura tem sido tão intensa que até as grande redes de supermercados foram obrigadas a abrir espaço para legumes e verduras orgânicos, entrando em um nicho que por anos foi exclusivo de pequenos empórios e mercearias.

+ O que são produtos orgânicos? Um guia com tudo o que você precisa saber sobre eles

Hoje, pode-se dizer que é fácil comprar orgânicos em São Paulo. A seleção de produtos à venda - tanto itens frescos, quanto industrializados - é bem ampla. Além de frutas e hortaliças, é possível comprar carne, ovos, latinícios, arroz, feijão, café, açúcar, chá, massa, pão, suco e até produtos de limpeza e de beleza. E uma coisa é certa: é mais barato comprar orgânicos em feiras livres e institutos coletivos. 

Veja uma seleção de endereços que valem a visita. 

LOJAS DE ORGÂNICOS

Casa Orgânica 

Este supermarcado 100% orgânico localizado na Vila Madalena comercializa apenas produtos orgânicos, mas não só alimentos, como também produtos de limpeza e de beleza incluindo até ração para cachorro. Veja mais

Variedade de frutas da Casa Orgânica

Variedade de frutas da Casa Orgânica Foto: Casa Orgânica

Solli 

Mercado e hortifrúti em plena Avenida Pedroso de Moraes, em Pinheiros. Entre seus atrativos, está o movimento #EuRastreio, que promove o rastreamento dos alimentos: cada um é identificado com uma placa, que indica sua procedência, bem como o selo da certificadora. Saiba mais. 

Prateleiras de sucos orgânicos do Solli

Prateleiras de sucos orgânicos do Solli Foto: Bárbara Stefanelli/Estadão

Bio Mangê

Endereço na Vila Mariana oferece, além de itens de empório, entre grãos, farinhas, ovos, massas, molhos, bolachas, geleias, temperos e vegetais e bebidas, além de palestras sobre alimentação orgânica e consciência alimentar. Veja mais

Bio Mangê abriu em outubro de 2018

Bio Mangê abriu em outubro de 2018 Foto: Felipe Rau/Estadão

● Instituto Feira Livre

O Instituto Feira Livre é uma associação sem fins lucrativos, com uma ampla variedade de produtos livres de agrotóxicos. Todos os itens, inclusive os de empório, são comercializados pelo preço do produtor. E, no caixa, quem quiser paga uma taxa de 35% sobre o valor da compra - quantia que é convertida para manutenção do espaço e pagamento dos funcionários. Saiba mais. 

Cafeteria do Insituto Feira Livre

Cafeteria do Insituto Feira Livre Foto: Rafael Arbex/Estadão

● Gaia Nutre

Espaço em Moema reúne feira de orgânicos, empório e restaurante, que serve almoço, com prato que varia conforme a oferta do dia - às quartas e sábados, tem feijoada vegetariana. Veja mais. 

Parte de empório do Gaia Nutre, em Moema

Parte de empório do Gaia Nutre, em Moema Foto: Bárbara Stefanelli/Estadão

● Spazio Orgânico

Estabelecimento, nos Jardins, funciona no estilo feira, com as verduras, frutas e hortaliças orgânicas expostas em cestas além de produtos congelados como marmitas e quiches. Saiba mais. 

Parte do hortifrúti do Spazio Orgânico, nos Jardins

Parte do hortifrúti do Spazio Orgânico, nos Jardins Foto: Spazio Orgânico

●  Super Saudável

Loja no Alto de Pinheiros tem produtos orgânicos garimpados entre hostifrútis, bebidas, incluindo vinhos, laticínios e proteínas vem de 40 fornecedores e até alface para escolher no pé. Conheça mais

Parte reservada para hortaliças, verduras e legumes orgânicos

Parte reservada para hortaliças, verduras e legumes orgânicos Foto: Bárbara Stefanelli/Estadão

● Quitanda

Supermercado em Pinheiros tem área dedica a orgânicos in natura e boa oferta de alimentos, como pães, geleias, matinais que também inclui marcas de bebidas alcoólicas com o selo de orgânico. Veja mais

Parte reservada para os orgânicos no mercado Quitanda

Parte reservada para os orgânicos no mercado Quitanda Foto: Bárbara Stefanelli/Estadão

Instituto Chão

Associação sem fins lucrativos que funciona na Vila Madalena desde 2015 conta com mais de 400 fornecedores de orgânicos de diversas partes do País. Saiba mais. 

Parte de hortifrúti fica exposta logo na entrada do Instituto Chão, em grandes caixas de feira. É só pegar uma sacola (de preferência, a sua) e se "servir"

Parte de hortifrúti fica exposta logo na entrada do Instituto Chão, em grandes caixas de feira. É só pegar uma sacola (de preferência, a sua) e se "servir" Foto: Bárbara Stefanelli/Estadão

Terra Orgânicos

Box na Ceagesp é um dos maiores distribuidores de orgânicos do País e abastece lojas, como Quitanda, Natural da Terra e Casa Santa Luzia. Aos sábados, é aberto ao público e vende a preço de produtor. Veja mais. 

Terra Orgânicos, na Ceagesp

Terra Orgânicos, na Ceagesp Foto: Luiz Prado

● Casa Jaya

Espaço em Pinheiros, não é um empório, é um centro de terapias alternativas, que tem feirinha de terça à sábado, a partir das 9h. Grande parte dos alimentos vendidos ali são da Chácara Santa Edwirges, em Ibiúna, e têm certificação da OCS (Organização de Controle Social). O lugar tem um empório e um bufê de saladas orgânicas servido na hora do almoço (R$28,50). (R. Capote Valente, 305, Pinheiros. Tel.: 2935-6987)

Feirinha de orgânicos da Casa Jaya ocorre toda terça e sábado, a partir das 9h

Feirinha de orgânicos da Casa Jaya ocorre toda terça e sábado, a partir das 9h Foto: Bárbara Stefanelli/Estadão

 

FEIRAS ORGÂNICAS 

Feiras orgânicas estão cada vez mais populares pelo País. Para facilitar as buscas – e garantir a confiabilidade – o Instituto de Defesa do Consumir (Idec) apresenta o Mapa das Feiras Orgânicas que trabalham só com produtores certificados. “Quando começamos, em 2015, havia 277 feiras, agora, o mapa já tem 867 feiras catalogadas", diz Rafael Arantes, do Idec. De acordo com ele, o site, construído de forma colaborativa, já contabiliza 200 mil visitas. Cerca de 8.000 pessoas acessam a plataforma por mês e o interesse tem sido crescente.

 

SUPERMERCADOS 

Você pode não ter reparado, mas há boas chances de o supermercado que você frequenta ter diversos produtos orgânicos, não apenas hortifruti -- que precisam estar em gôndolas separadas das de produtos convencionais. Há cafés, grãos, azeite, sucos, ovos, açúcar, geleias, massas, entre muitos outros alimentos. 

● Carrefour

Desde 2018 a rede vem investindo forte nos orgânicos, estimulada por uma iniciativa global da marca, o Act for Food e durante o ano de 2019 a empresa projeta aumento de 85% de vendas de orgânicos. Só no primeiro semestre deste ano, 97 novos fornecedores de orgânicos se tornaram parceiros do Carrefour.  Entre os 120 itens orgânicos vendidos nas lojas, alface, ovo, tomate, morango e cenoura.

Diversos endereços. carrefour.com.br

● Casa Santa Luzia

Oferece orgânicos desde 2004 e hoje tem cerca de 3.000 itens de variadas marcas, a exemplo de óleo de coco, chocolates, farinhas, massas, molhos,  pães,  bolos, temperos,  especiarias,  grãos,  azeites, biscoitos, cafés, leites, iogurtes, queijos, carnes, frangos, vinhos e cachaças. Nas gôndolas do hortifrúti são aproximadamente 700 produtos, que variam conforme a época.

Al. Lorena, 1471, Jardim Paulista. Tel.: 3897-5000. santaluzia.com.br

● Pão de Açúcar

São mais de mil itens, incluindo os das marca própria Taeq, de alimentos saudáveis com opções orgânicas, como cookies, ovos e sucos. Em 2019, a Taeq lançou a Boa Escolha, linha de orgânicos com produtos como batata, cenoura, manga e melão que seriam descartados por fugirem do padrão estético, vendidos a preços, em média, 40% mais baixos do que os dos orgânicos tradicionais. Na loja Real Parque, na zona sul de São Paulo, o Pão de Açúcar começou a oferecer orgânicos a granel, com preços até 30% menores do que os pré-embalados.

Diversos endereços. paodeacucar.com

● St. Marche 

Em 2018, todas as unidades do St. Marche passaram a ter seção de orgânicos, assim como o Empório Santa Maria, do mesmo grupo. De acordo com a marca, a busca por itens livres de veneno vem aumentando 100% ano a ano. Morangos, bananas, folhagens e tomates são itens mais vendidos. A linha orgânica reúne cerca de 800 produtos, sendo 400 só de hortifrúti – nos demais departamentos, entram de vinho, vodca até barrinha de cereais e granola. A oferta varia de acordo com a sazonalidade e, de vez em quando, aparecem nas prateleiras legumes diferentões, como abobrinha squash ball, cenoura rainbow e mini pepino snack.

Diversos endereços. marche.com.br

● Natural da Terra

No Natural da Terra, frutas, legumes e verduras são protagonistas, dispostos em grandes bancadas. O mercado não vende apenas orgânicos, portanto, ao fazer sua compra por lá, procure pela banca de orgânicos, onde há verduras e legumes embalados, como os das marcas Bee Organic, Famo, Cultivar Orgânicos ou Solo Vivo. As áreas de sucos, doces e molhos de tomate são as mais recheadas de produtos certificados.

Diversos endereços. naturaldaterra.com.br

● Madrid

Cerca de 600 opções orgânicas podem ser encontradas no Madrid Supermercados – seja na matriz, em Higienópolis, na unidade do Paraíso ou na nova loja, que será inaugurada em breve na rua General Jardim, na Vila Buarque. Frutas, verduras, folhagens e aves de diversos produtores certificados são vendidas na rede.

R. Martim Francisco, 777, Higienópolis. Tel.: 3804-0891. madrid.com.br

 

CESTAS DE ORGÂNICOS 

A oferta de cestas de orgânicas na cidade está cada vez maior. Receber uma variedade de verduras, legumes, folhas e frutas sem agrotóxico em casa facilita a vida. Há diferentes modalidades de compras: você pode fazer uma assinatura e receber a cesta semanalmente; dá para até receber a lista de produtos disponíveis na semana por e-mail ou WhatsApp e fazer sua encomenda para recber em casa. Confira uma seleção com 12 empresas que trabalham apenas com itens certificados

 

Empórios no mapa

 

Ficou com água na boca?